Roteiros de Puericultura por Faixa Etária

CONSULTAS ENTRE 19 E 24 MESES

Crescimento

Peso

Pesar e verificar no gráfico o percentil/escore Z encontrado (ver Gráficos). Ganho médio de 180 a 200 g/mês.

 

Estatura

Medir e verificar no gráfico o percentil/escore Z encontrado (ver Gráficos). Ganho médio de 1 cm/mês.

 

Perímetro Cefálico

Medir e verificar no gráfico o percentil/escore Z encontrado (ver Gráficos). Ganho total de 1 cm no período de seis meses (do 18º ao 24º mês).

 

(mais detalhes em Crescimento e Avaliação nutricional)

Alimentação

 

Primeiro avaliar o tipo de aleitamento da criança:

- Leite Materno:  Não há problema em continuar amamentando até os dois anos de idade, mas o desmame já pode ser realizado antes desse período. Após completar 2 anos, o leite materno deverá ser substituído por aleitamento artificial. Manter frutas, comida da casa no horário de almoço e jantar, suco de frutas após o almoço.

 

- Aleitamento Artificial: Preferência por copo ou caneca para ingestão de leite, aproximadamente 200 a 250 ml por vez. Necessidade mínima diária de 500 ml de leite. Lembrar de oferecer água nos intervalos das mamadas.

 

  • Alternativas:

  • Composto Lácteo: Essa é uma opção para o aleitamento artificial. Produtos: Ninho Fases 1+, Neslac, na diluição 1:30 (1 medida da lata para cada 30 ml da água).

  • Leite de vaca: Não é um alimento ideal para um bebê até os 12 a 24 meses. Mas quando essa for de fato a única opção, só nos resta orientar como preparar mamadeiras com leite de vaca sem diluição.

 

- Frutas: Frutas à tarde (de preferência frutas da estação).

 

- Refeição: Nessa idade há uma tendência em oferecer os alimentos da mesa dos adultos, porém não se deve descuidar dos objetivos da alimentação para a criança, evitando-se condimentos e alimentos desnecessários, de pouco valor nutritivo. Duas refeições da casa, com arroz (massa ou batatas), feijão (ou lentilha ou soja), além de hortaliças (verduras, legumes, de acordo com a região) mais ovos ou carne (frango, peixes, bovino... ).

 

  • Sucos: Os sucos devem ser evitados, dando preferência às frutas in natura.

(mais detalhes em Alimentação Infantil)

Desenvolvimento Neuropsicomotor

Corre e/ou sobe degraus baixos. Brinca isoladamente ou em companhia de outras crianças. Diz seu próprio nome. Aumenta seu vocabulário. Obedece a ordens simples. Empilha cubos, rabisca espontaneamente, identifica e nomeia figuras.

(mais detalhes em Desenvolvimento Neuropsicomotor)

 

Imunização (PNI do Ministério da Saúde)

 

Participar das campanhas de multivacinação. Vacina contra influenza anualmente até os cinco anos de idade.

 

(mais detalhes em Vacinação)

Exposição ao sol

 

Orientar 10 minutos de exposição diária em horário adequado (preferencialmente antes das 9 horas).

 

Prevenção de acidentes nessa idade

  1. Esteja atenta à possibilidade de acidentes com cortes e quedas

  2. Tranque com segurança portas, escadas e armários.

  3. Cuidado com tampos de vidros de mesa, portas de armários, máquinas de lavar e secar: existe perigo de machucar o dedo da criança.

  4. Previna mordeduras de animais.

  5. Utilize copos e pratos de plástico

  6. Instale grades ou redes de proteção nas janelas.

  7. Remova móveis com bordas pontudas.

  8. No fogão, vire os cabos das panelas sempre para dentro.

  9. Evite riscos de sufocamento: Não ofereça à criança chicletes, balas escorregadias, pipoca nem alimentos muito duros.

  10. Não permita que a criança brinque com qualquer tipo de pó (talco, polvilho, etc.)

  11. Não deixe a criança sozinha perto de piscinas e banheiras com água.

  12. Mantenha a criança distante de qualquer material tóxico.

  13. Não permita que a criança ande de bicicleta na rua.

  14. Use cinto de segurança em crianças de mais de 20 kgs.

  15. Ensine à criança as regras de trânsito.

(mais detalhes em Prevenção de Acidentes)

papinha_de_bebê.jpg